"Se tivesse dignidade, Bush deveria renunciar ", diz Chávez

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, disse nesta sexta-feira que George W. Bush deveria renunciar, e continuou seus ataques verbais contra o chefe de estado norte-americano após uma controversa passagem por Nova York, comparecendo à 61ª Assembléia Geral da ONU."Ele deveria renunciar à presidência se tivesse alguma dignidade. O presidente dos EUA fracassou completamente", disse Chávez na inauguração de um projeto de gás natural no noroeste da Venezuela.Foi sua primeira aparição na Venezuela desde retornou de Nova York, onde chamou Bush de "demônio" em discurso na assembléia. Mais tarde, o venezuelano referiu-se a Bush como um "alcoólatra", falando para apoiadores em uma igreja no Harlem. Insultos têm sido trocados cada vez mais entre Caracas e Washington desde 2002, quando os EUA rapidamente reconheceram líderes que brevemente derrubaram Chávez em um golpe, antes de o venezuelano retornar ao poder em meio a grandes protestos.Funcionários do governo americano regularmente chamam o líder venezuelano de uma força desestabilizadora, e Bush disse ver Chávez como uma ameaça à democracia. Chávez já havia chamado Bush de "demônio" no passado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.