Secretário americano destaca momento crucial do Egito

O Secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, disse que o Egito está em "um momento crucial" de sua história, mais de dois anos após a revolta que derrubou o presidente Hosni Mubarak.

Agência Estado

27 de julho de 2013 | 19h32

Kerry disse que o "veredicto final" da revolução que levou Mohammed Mursi

ao poder como o primeiro líder democraticamente eleito do Egito antes que os militares recentemente o derrubassem "será sempre influenciado pelo que acontece agora."

Kerry afirmou também que as autoridades egípcias "têm a obrigação moral e legal" de respeitar o direito de reunião pacífica e à liberdade de expressão. Ele disse que a continuidade da violência afeta a estabilidade da região.

Ministério da Saúde do Egito disse que as forças de segurança entraram em confronto com partidários de Morsi neste sábado e pelo menos 65 manifestantes foram mortos.

Kerry declarou que os EUA pedirão "uma investigação independente e imparcial" e afirmou ainda que os líderes políticos devem ajudar o país a "dar um passo atrás para se afastar do precipício." Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EGITOEUAJOHN KERRY

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.