Charles Dharapak/AP
Charles Dharapak/AP

Secretário de Defesa dos EUA afirma que Karzai deixará o poder em 2014

Segundo Robert Gates, presidente do Afeganistão confidenciou que sua intenção é deixar o poder em 2014

estadão.com.br,

15 de junho de 2011 | 14h49

WASHINGTON - Hamid Karzai, presidente do Afeganistão, teria dito ao secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, sua intenção de deixar o poder em 2014. A revelação foi feita por Gates nesta quarta-feira, 15, no Senado americano.

 

A Constituição do Afeganistão prevê que o presidente pode ficar no poder por dois mandatos, mas havia especulações de que Karzai pudesse tentar mudar as regras para ficar mais tempo no cargo. Porém, de acordo com Gates, o presidente afegão já manifestou sua intenção de deixar o poder no tempo estabelecido constitucionalmente.

 

Encontro

 

Karzai se encontrou nesta quarta-feira com o presidente russo, Dmitry Medvedev, durante a décima reunião da Organização de Cooperação de Xangai, que acontece na capital do Casaquistão, Astana.

 

A conferência tem como temas centrais a luta contra o terrorismo, o narcotráfico e o fortalecimento da colaboração em âmbito econômico, segundo a AFP.

 

Com Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.