Secretário de Defesa dos EUA visitará a Coréia do Sul

Seul e Washington cooperam atualmente no processo de desnuclearização da península coreana

EFE,

04 de novembro de 2007 | 02h55

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Robert Gates, visitará esta semana a Coréia do Sul para um encontro com militares do país sobre assuntos bilaterais de segurança, informou neste domingo, 4, a agência "Yonhap". Gates permanecerá dois dias em Seul, aonde chegará na próxima terça-feira via Pequim, para assistir às reuniões ministeriais do Encontro Consultivo de Segurança (SCM, em inglês), antes de partir rumo a Tóquio na quinta-feira. Seul e Washington cooperam atualmente no processo de desnuclearização da península coreana, que pode levar finalmente à assinatura de um tratado de paz entre as duas Coréias, ainda em situação de armistício desde o fim da guerra entre os dois países de 1951 e 1953. Desde o conflito, os EUA mantêm um grande contingente de tropas na Coréia do Sul, que está negociando com o Governo americano o futuro de sua presença militar em seu território. Os dois países criaram, em março, um plano para situar em Pyeongtaek as tropas dos EUA desdobradas atualmente em Seul e outras localidades ao norte da capital. A nova base de Pyeongtaek acolherá mais de 44 mil soldados americanos, familiares e funcionários sul-coreanos. Atualmente, cerca de 28 mil soldados americanos estão desdobrados na Coréia do Sul como poder dissuasório perante a Coréia do Norte. Os EUA devem reduzir em 2008 suas tropas desdobradas na Coréia do Norte para 25 mil soldados.

Tudo o que sabemos sobre:
SEULVISITAEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.