Secretário do papa diz que Ratzinger chorou

Um dos mais próximos assessores do João Paulo II minimizou, O arcebispo Stalislaw Dziwisz, que é secretário de João Paulo II desde que era cardeal, na Polônia, deu uma declaração inusual hoje à imprensa, enquanto o papa estava reunido com o presidente da Lituânia. Nas últimas semanas aumentaram os temores por seu estado, uma vez que ele já tem 83 anos e sofre do mal de Parkinson.?O cardeal Ratzinger estava chorando, ontem?, Dziwisz contou sobre a divulgação de uma entrevista que teria dada a uma revista alemã sobre a saúde de João Paulo II. ? Ele afirmou que nunca deu uma entrevista. Apenas respondeu a alguém que encontrou na rua dizendo ?se o papa está doente, rezem por ele?.??Muitos jornalistas que no passado escreveram sobre a saúde do papa já estão no céu?, terminou ele, vitoriosos.No encontro com o presidente Rolandas Paksas, que durou 15 minutos, o papa parecia relaxado e atento. Era um dos quatro encontros programados na agenda de João Paulo II.O Vaticano anunciou que, além disso, o pontífice presidirá a cerimônia de consagração de 30 novos cardeais, no dia 21 de outubro, nas escadas da Basílica de São Pedro. E, no dia seguinte, presidirá uma missa com eles na praça de São Pedro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.