Secretário-geral da ONU critica Austrália

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, criticou o governo australiano por planejar enviar um navio de imigrantes, detido ao largo da Ilha Christmas, para a Nova Zelândia e a República de Nauru, no Pacífico. ?Não é uma situação ideal, e eu sinto pelos refugiados que estão nesse navio, no calor, em contêineres?, disse Annan, em Durban, na África do Sul. ?Embora alguns esforços tenham sido empreendidos para lhes dar um certo conforto, esta não é a maneira de administrar uma situação de refugiados?, completou.Cerca de 460 imigrantes - na maioria, afeganes em busca de asilo - estão desde segunda-feira no convés do navio de carga norueguês, que os resgatou de uma balsa indonésia. Depois de se recusar a permitir a atracagem do navio por seis dias, o primeiro-ministro John Howard negociou um acordo para enviar os refugiados à Nova Zelândia e Nauru, que concordaram em acolhê-los e estudar a possibilidade de asilo político. Mas não está claro se, e quando, os imigrantes serão capazes de deixar o navio, fundeado a nordeste do posto avançado australiano da Ilha Christmas. A Austrália se recusa a permitir que os refugiados pisem em seu território. Os donos do cargueiro, no entanto, afirmam que o navio é incapaz de seguir viagem com os afeganes a bordo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.