Secretário-geral da ONU visita refugiados no Chade

O secretário-geral das Nações Unidas, Kofi Annan, visitou refugiados sudaneses que se encontram acampados no deserto do Chade, horas antes de voltar ao Sudão a fim de pressionar o presidente Omar el-Bashir a honrar seus compromissos de pôr um fim à violência que levou mais de um milhão de pessoas a fugir da região sudanesa do Darfur.As autoridades sudanesas prometeram melhorar a segurança em Darfur e desarmar todas as milícias. Annan deve se reunir nesta noite com El-Bashir na capital, Cartum. ?Precisamos sentir que o governo está sendo realmente sério quanto a proteger o povo, para que o povo se sinta seguro e volte para casa?, disse o secretário-geral antes de chegar ao Campo Iridimi, onde cerca de 15.000 pessoas buscam abrigo.Representantes da ONU e grupos de defesa dos direitos humanos vêm acusando o governo sudanês de apoiar as milícias árabes empenhadas em expulsar os fazendeiros negros de Darfur. As Nações Unidas já se referiram à crise no Sudão como a mais grave do mundo contemporâneo, e o próprio Annan já declarou que a ação contra os fazendeiros ?chega à beira da limpeza étnica?.

Agencia Estado,

02 de julho de 2004 | 16h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.