Sede do Governo tailandês reabre após 192 dias

Líder do Partido Democrata afirma queformará um governo de coalizão apoiado pela maioria do Parlamento

Efe,

08 de dezembro de 2008 | 04h31

A sede do Governo da Tailândia reabriu nesta segunda-feira, 8, após 192 dias fechada pelos manifestantes antigovernamentais, que puseram fim na semana passada a mais de sete meses de protestos. Os primeiros funcionários já trabalham nos escritórios, enquanto agentes de segurança buscam armas e explosivos que os ativistas possam ter escondido, informa a imprensa local. O líder do Partido Democrata da Tailândia, Abhisit Vejjajiva, anunciou que sua legenda poderá formar um Governo de coalizão apoiado por mais de 260 dos 448 deputados do Parlamento. Os democratas revelaram na o domingo que têm o apoio de 260 das 441 cadeiras válidas do Parlamento e querem a convocação de uma sessão extraordinária, que deverá nomear Vejjajiva o novo primeiro-ministro do país.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.