Segunda explosão mata 29 mineiros na Nova Zelândia

As autoridades da Nova Zelândia confirmaram hoje a morte dos 29 mineradores presos em uma mina desde sexta-feira, depois de ocorrer uma segunda explosão de gás metano na galeria onde estavam. "Não houve sobreviventes após uma nova grande explosão sob a terra", anunciou o policial responsável pelas equipes de resgate, Gary Knowles. Os trabalhadores ficaram soterrados devido a uma explosão de gás tóxico que causou o desabamento no poço da mina de carvão Pike River, no litoral ocidental da ilha do Sul do país. O ambiente tóxico prejudicou o trabalho de resgate. As informações são da Associated Press.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.