Segunda maior cidade da Síria é palco de intensos confrontos entre forças do governo e rebeldes

Ativista Toni al Taieb disse que opositores atacaram a sede principal da polícia da cidade e reclamou da falta de segurança

EFE,

22 de julho de 2012 | 09h59

CAIRO - Forças do governo da Síria e rebeldes do Exército Livre Sírio (ELS) travam intensos combates neste domingo, 22, em vários bairros da segunda cidade do país, Aleppo, segundo grupos opositores.

Ativistas dos Comitês da Coordenação Local (CCL) destacaram em comunicado que os embates se centraram no bairro de Seif al Daula, no sudoeste da cidade, onde um prédio foi destruído por causa dos bombardeios.

De acordo com o Observatório Sírio de Direitos Humanos, os choques se estenderam aos bairros centrais de Al Yamiliya, A Meridiyan e Al Zabadiya, e se recrudesceram no oeste da cidade.

De Aleppo, o ativista Toni al Taieb explicou que os rebeldes atacaram a sede principal da polícia da cidade e criticou a falta de segurança vivida há meses.

Tudo o que sabemos sobre:
síria, aleppo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.