Segundo atentado do dia no Afeganistão deixa 6 mortos

O Afeganistão vive um dia de violência e já contabiliza dois atentados. No ataque mais recente, um suicida detonou um carro-bomba em uma província no centro do país, matando dois policiais e quatro civis, informou um porta-voz do Ministério do Interior. O ataque ocorreu na província de Kapisa, a nordeste da capital do país, Cabul, disse o porta-voz Najib Nikzad.

AE, Agência Estado

15 de junho de 2011 | 08h34

"Um suicida em um carro queria atacar o departamento de educação da província de Kapisa, mas ele foi parado em um posto de controle, onde detonou seu veículo", afirmou Nikzad. "Dois policiais e quatro civis foram mortos e três civis e dois policiais ficaram feridos", relatou o porta-voz.

Mais cedo, um dos vice-presidentes afegãos, Karim Jalili, e o ministro do Interior, Besmulá Mohamadi, conseguiram escapar ilesos de um ataque com foguete contra um edifício do comando da polícia. O ataque ocorreu em Chaki Wardak, um distrito da província de Wardak, reduto dos rebeldes talebans ao sudoeste de Cabul, detalhou o porta-voz das autoridades da província, Shahidulá Shahid. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.