Segundo britânicos, há 7 poços de petróleo em chamas

O chefe do Estado-Maior das Forças Armadas britânicas, Michael Boyce, informou que tropas britânicas e americanas tomaram o porto de Umm Qasr e campos petrolíferos do sul do Iraque. Ele contou que existia o temor de que 30 poços de petróleo estivessem em chamas, mas apenas sete estavam incendiados."Especialistas civis irão para a área em um ou dois dias, combater os incêndios." Bouce explicou que o erro sobre o número de poços incendiados ocorreu porque o "inimigo põe fogo em trincheiras de petróleo e a fumaça torna difícil avaliar a situação à distância". Ele disse que soldados dos EUA foram destacados para proteger os campos petrolíferos na região.O chefe do Estado-Maior dos EUA, Richard Myers, afirmou que os poços de petróleo do sul do Iraque estariam sob controle das forças americanas e britânicas até o fim do dia. "A primeira força expedicionária da Marinha e nossos aliados cruzaram o Iraque e garantiram o controle de Umm Qasr", afirmou, em coletiva no Pentágono, em Washington.O ministro da Defesa britânico, Geoff Hoon, disse que a estrutura petrolífera do sul foi assegurada. "As tentativas (do Iraque) de jogar petróleo no Golfo e causar um desastre ambiental foram evitadas."Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.