Segundo pesquisa, 58% dos venezuelanos votariam em Chávez

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, receberia 58,2% dos votos caso as eleições presidenciais fossem realizadas hoje, segundo resultados de uma pesquisa da empresa privada Datanálisis. Chávez aparece 40 pontos porcentuais à frente de seu principal adversário, o governador do Estado de Zulia, Manuel Rosales, que conta com o apoio de 17,4% dos entrevistados.A pesquisa, que foi publicada nesta quarta-feira pelo jornal Ultimas Noticias, ouviu 1.300 adultos entre 18 e 30 de agosto e tem uma margem de erro de 2,7 pontos porcentuais para mais ou para menos.O presidente da Datanálisis, José Antonio Gil Yepes, declarou à Associated Press que a pesquisa mediu o "potencial" dos principais candidatos na arrancada da campanha, que teve início em agosto. Segundo ele, neste momento, Chávez "conta com uma vantagem eleitoral importante". As eleições serão realizadas em 3 de dezembro."Os números a partir de agora podem variar substancialmente à medida em que um dos candidatos possa superar o outro quanto à estratégia, comunicação, planejamento e ações eleitorais", afirmou Yepes.O apoio do eleitor a Rosales mostrou um crescimento de 9,3 pontos porcentuais de junho a agosto, passando neste período de 8,1% a 17,4%. Yepes atribuiu o crescimento do adversário de Chávez à decisão tomada por oito candidatos opositores de retirar suas postulações para apoiar o governador de 54 anos.Segundo o presidente da Datanálisis, Rosales conseguiu em agosto "absorver votos dos demais candidatos da oposição e de indecisos", o que elevou a intenção de voto de sua candidatura aos atuais 17,4%.Na terça-feira, Chávez se mostrou confiante de seu triunfo eleitoral e disse durante uma entrevista à TV que vai "vencer esta batalha sem nenhuma dúvida".

Agencia Estado,

13 de setembro de 2006 | 17h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.