Segundo pesquisas, Humala continua favorito no Peru

Pesquisas divulgadas hoje no Peru indicam a clara liderança do candidato nacionalista Ollanta Humala, do partido União Pelo Peru (UPP), nas intenções de voto para o primeiro turno da eleição presidencial do próximo domingo. Segundo o instituto Apoyo, Humala tem 31% das intenções de voto. A conservadora Lourdes Flores, da Unidade Nacional, aparece em segundo lugar, com 26%, e Alan García, da Aliança Popular Revolucionária Americana (Apra), tem 23% - e já ameaça a passagem de Lourdes para o segundo turno, previsto para 7 de maio. De acordo com a Apoyo, Lourdes venceria Humala no segundo turno por 55% a 45%, já descontados os votos brancos e nulos. No caso de uma disputa direta entre Humala e García, o candidato da UPP venceria por 51% a 49%. Pesquisa realizada pela Pontifícia Universidade Católica do Peru e divulgada hoje pelo jornal La República também aponta para a liderança de Humala, que contaria com a simpatia de 31% dos eleitores. De acordo com o levantamento, Lourdes teria o segundo lugar, com 27% das intenções de votos, e García o terceiro, com 20%. O resultado mais surpreendente, no entanto, é do instituto Idice, que mostra Humala e García rigorosamente empatados na liderança, com apoio de 32,5% dos eleitores - relegando a Lourdes o terceiro lugar, com 23,8%. Pelo calendário eleitoral, hoje foi o último dia para a divulgação de pesquisas. Muitos candidatos denuciaram recentemente a manipulação dos resultados das sondagens. Analista políticos independentes endossam a suspeita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.