Segurança do Afeganistão apresenta progresso

O embaixador norte-americano no Afeganistão, Ryan Crocker, disse que a habilidade das forças de seguranças afegãs em responder a uma onda de ataques coordenados neste domingo foi um sinal claro de progresso. "Nós vimos uma performance muito profissional das forças de segurança", disse Crocker à CNN neste domingo depois dos ataques de militantes a alvos selecionados em Cabul.

EDUARDO MAGOSSI, Agência Estado

15 de abril de 2012 | 12h35

Os ataques demonstraram, contudo, "porque nós precisamos estar aqui", disse Crocker. A embaixada dos Estados Unidos foi um dos alvos atacados pelos rebeldes. A Organização das Nações do Atlântico Norte (Otan) prepara a retirada de suas forças do Afeganistão em 2014.

"Sair antes que os afegãos tenham controle total da segurança, o que pode demorar alguns anos, é um convite para que o Taleban e a Al-Qaeda voltem a se instalar aqui", disse. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.