Segurança é reforçada após ameaça radioativa

A polícia de Nova York reforçou ontem a segurança após um site de Israel divulgar que membros norte-americanos da rede terrorista Al-Qaeda planejavam um ataque com materiais radioativos. Apesar das autoridades considerarem as ameaças "não substanciais", medidas preventivas incluíram a inspeção de veículos em pontes, túneis e nas entradas da cidade, utilizando sensores radiológicos. O prefeito Michael Bloomberg emitiu um comunicado explicando que o nível de alerta não havia mudado. "São apenas precauções diante de ameaças potenciais, mas não confirmadas e que podem nunca se concretizar'''', disse.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.