Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Segurança será a maior da história

Esquema para a posse de Obama contará com 20 mil agentes; pontes serão bloqueadas, ilhando Washington

Patrícia Campos Mello, Washington, O Estadao de S.Paulo

19 de janeiro de 2009 | 00h00

O governo americano montou o maior esquema de segurança da história para os eventos ligados à posse do presidente eleito Barack Obama. Cerca de 20 mil policiais, soldados e agentes à paisana estarão espalhados por Washington. Amanhã, durante a cerimônia de posse e a parada, caças estarão sobrevoando a área e barcos da Guarda Costeira, equipados com metralhadoras, estarão patrulhando o Rio Potomac. Foram instalados detectores de radiação, armas químicas e biológicas em locais estratégicos. Em um perímetro de 4 quilômetros em torno do local da cerimônia, ninguém entrará sem ser revistado e passar por detector de metais.Segundo Michael Chertoff, secretário de Segurança Nacional, o maior medo não é de um ataque terrorista, mas sim de um atirador isolado, como ocorreu no assassinato do presidente John F. Kennedy. De acordo com Chertoff, o fato de Obama ser o primeiro presidente negro aumenta as potenciais ameaças de extremistas ou integrantes de grupos supremacistas brancos.A maioria dos moradores de Washington ficará ilhada no dia da posse, porque apenas uma das pontes que ligam a cidade a Virgínia e Maryland não será bloqueada e muitas estradas estarão fechadas. Muitos funcionários vão dormir no escritório, por medo de não conseguir chegar ao trabalho. Na área da parada da posse estarão proibidos até carrinho de bebê, garrafa térmica e guarda-chuva.São esperadas entre 2 e 3 milhões de pessoas para todos os eventos ligados à posse. A dois dias da cerimônia principal, a cidade está de pernas para o ar. Na manhã de ontem, uma senhora caminhava pela rua nas proximidades no National Mall - onde ficará o público durante a cerimônia de posse - segurando dois envelopes. "Já andei dez quarteirões e não encontrei nenhuma caixa de correio, elas sumiram", disse a senhora a um policial. "É medida de segurança, mandaram tirar todas as caixas de correio da área", respondeu o policial. ROBÔPerto de prédios como o do FBI, o Capitólio e a Casa Branca, celulares de algumas operadoras estão sem sinal. O FBI terá à disposição um caminhão equipado com um robô detector de bombas. A agência também terá 155 times de dois agentes, à paisana, circulando por metrôs e outros locais vulneráveis.Durante a cerimônia de juramento, Obama será cercado por uma parede transparente antibala, feita com plástico resistente também a fogo e produtos químicos. Na parada, Obama vai descer a Avenida Pensilvânia na nova limusine Cadillac presidencial, apelidada de "A Besta", que é toda blindada e selada para proteger contra ataques químicos. A limusine tem mecanismo antifogo, câmera de visão noturna e canhões de gás lacrimogêneo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.