Seguranças são demitidos do aeroporto de Chicago

Sete funcionários de segurança foram demitidos hoje do Aeroporto Internacional O´Hare, de Chicago, depois que um passageiro de origem nepalesa conseguiu passar pelo controle de segurança com várias facas e outras armas. Subash Gurung, de 27 anos, foi preso no sábado quando se preparava para embarcar em um avião da United Airlines com destino a Omaha, Nebraska, libertado horas depois e detido novamente pelo FBI no domingo, para interrogatório.Gurung levava consigo nove facas, um aerossol com substâncias irritantes e um arma de descarga elétrica. Os funcionários de segurança foram acusados de não ter notado os objetos que Gurung levava em sua bagagem de mão, quando passou pelo raio X. A companhia para a qual os funcionários trabalhavam, a Argenbright, foi acusada de violar as normas, por contratar trabalhadores sem o devido preparo e com antecedentes criminais.Duas das facas, que Gurung levava nos bolsos, foram detectadas em um dos controles de segurança, mas o restante das armas só foi descoberto em uma revisão aleatória das bagagem de mão na área de embarque. Gurung assegurou que ia visitar alguns amigos em Omaha e havia comprado os objetos em Chicago para se proteger. Ele foi acusado de posse ilegal de armas e será julgado em 19 de dezembro. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.