Seis governadores dos EUA visitam o Iraque

Os governadores dos Estados americanos de Nova York, Idaho, Havaí, Louisiana, Minnesota e Oregon fizeram uma visita de surpresa ao Iraque em uma viagem de dois dias, organizada pelo governo do presidente George W. Bush. O giro havia sido mantido no mais absoluto segredo até que os governadores chegaram a Bagdá. Por razões de segurança, os políticos pernoitaram em Amã, na Jordânia.Assessores do governador de Nova York, o republicano George Pataki, classificaram a viagem como "um giro bipartidário de governadores ao Iraque". Os governadores visitarão os soldados americanos estacionados no Iraque, especialmente aqueles de seus próprios Estados, informam declarações emitidas pelos gabinetes."Será uma oportunidade, na qual o mais importante será visitar nossas tropas", disse o governador republicano de Idaho, Dirk Kempthorne, em uma declaração. "Poderei dizer-lhes diretamente que seus familiares e amigos em seu país os apoiam". Também participam da viagem os governadores republicanos do Havaí, Linda Lingle, e de Minnesota, Tim Pawlenty; e os democratas Katheen Blanco, de Louisiana, e Ted Kulongoski, de Oregon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.