Seis homens são contaminados por radiação na França

Seis homens foram expostos à radiação quando tentavam consertar equipamento numa fundição no leste da França. Os seis foram levados a uma unidade hospitalar da usina nuclear e submetidos a exames logo após o incidente, ocorrido ontem na fundição da cidade de Feurs, disse Patrick Gourmelon, diretor de proteção humana do Instituto Proteção de Radioatividade e Segurança Nuclear.

AE-AP, Agência Estado

27 Maio 2010 | 15h59

"Os dados mostram que podemos considerar a contaminação significativa, mas não preocupante para a saúde dessas pessoas", disse. "O nível não foi alto o suficiente para que houvesse impacto na saúde. Se isso tivesse acontecido com meu filho, eu dormiria em paz", disse ele. Os homens que sofreram a contaminação serão acompanhados nos próximos dias, quando será verificado se a contaminação deixa os corpos dos trabalhadores pelo trato digestivo, afirmou ele.

Outra agência do governo, a Autoridade de Segurança Nuclear, disse que o incidente ocorreu quanto os trabalhadores estavam usando um robô para recuperar material contendo cobalto 60, que estava preso numa máquina usada para testar estruturas de engenharia. O material estava preso desde 7 de maio. A Autoridade de Segurança Nuclear considerou o incidente de ontem como nível 2, numa escala internacional de 7 usado para classificar incidentes nucleares.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.