EFE / Jiji Press
EFE / Jiji Press

Seis militares dos EUA estão desaparecidos após acidente com aeronaves

Incidente aconteceu na costa do Japão durante exercício de treinamento; uma pessoa foi resgatada com vida

O Estado de S.Paulo

06 Dezembro 2018 | 01h20

TÓQUIO - Seis militares da Marinha dos Estados Unidos estão desaparecidos após um acidente envolvendo duas aeronaves militares norte-americanas na costa oeste do Japão. As causas do ocorrido ainda estão sob investigação.

As Forças Armadas dos Estados Unidos informaram nesta quinta-feira, 6, que um dos sete tripulantes envolvidos no acidente foi resgatado e está sendo ouvido pelas autoridades competentes na base de Iwakuni, cidade na província de Yamaguchi. O sobrevivente está em condições estáveis de saúde.

"As operações de busca e resgate continuam para encontrar os seis fuzileiros navais desaparecidos", afirmou o órgão nas redes sociais.

Uma hipótese para explicar o incidente é que os aviões - um caça F-18 e um avião tanque KC-130 Hércules – teriam se chocado no ar durante o treinamento.  De acordo com um oficial norte-americano que não quis se identificar, o acidente ocorreu durante um exercício de reabastecimento. O suposto choque terria ocorrido por volta das 2h (horário do Japão). Ambas as aeronaves decolaram do aeroporto de Iwakuni.

"As circunstâncias do acidente estão atualmente sob investigação. Por enquanto, não há informações sobre o que ocorreu", afirmaram as Forças Armadas dos EUA.

O ministro da Defesa do Japão, Takeshi Iwaya, disse aos jornalistas que o militar resgatado é um dos dois tripulantes que viajavam para bordo do caça. O Japão enviou várias aeronaves e três navios para apoiar os trabalhos de busca e resgate, detalhou Iwaya.\ EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.