Seis militares e quatro insurgentes morrem em operação militar no Paquistão

Agentes sofreram ataque a bomba e trocaram tiros com autores do atentado no distrito de Turbat

O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2018 | 04h47

ISLAMABAD - Pelo menos seis militares morreram neste sábado, 15, depois de um ataque a bomba contra uma viatura no distrito de Turbat, na província paquistanesa do Baluchistão, próxima da fronteira com o Irã. Após a reação dos agentes, quatro insurgentes foram abatidos.

“Terroristas atacaram um veículo das forças de segurança com um artefato explosivo improvisado”, informou o Exército paquistanês em comunicado. As mortes aconteceram depois da explosão, quando os agentes e os insurgentes trocaram tiros.

Os militares conduziam uma operação antiterrorista na região no momento do ataque. A província do Baluchistão é uma das mais conflituosas do Paquistão, com a presença de grupos armados separatistas, facções talibãs e grupos jihadistas.

Em julho, 149 pessoas morreram em um atentado durante um comício pelas eleições gerais, no pior ataque da história do país. \ EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.