Seis mortos em descarrilamento de trem na Espanha

Seis pessoas morreram e outras 36 ficaram feridas após o descarrilamento de um trem em Villada, na província de Palencia, na Espanha.Segundo fontes da companhia ferroviária estatal Renfe, o trem acidentado possuía seis longos vagões onde viajavam 426 pessoas. No local do acidente foram enviados pelo menos quatro helicópteros e 25 ambulâncias dos serviços de emergência e da Cruz Vermelha para ajudar a socorrer as vítimas. Além disso, a Cruz Vermelha enviou a Villada, a 30 quilômetros de Palencia, ônibus para transportar os passageiros do trem que não se feriram no acidente.Enfermeiros e voluntários, assim como unidades de emergência e psicólogos, se dirigiram à região por conta própria para atender os envolvidos no incidente. O maior acidente ferroviário da Espanha ocorreu em janeiro de 1944, quando cerca de 500 pessoas morreram, segundo estimativas da época, na província de Leon, região vizinha a Palencia. Nos últimos anos, o acidente ferroviário com maior número de vítimas ocorreu em junho de 2003, em Chinchilla, no leste do país. Na época, um trem de passageiros se chocou com um de carga, matando 19 pessoas. Matéria ampliada às 15h50

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.