Seis policiais iraquianos morrem num ataque em Duluweya

Os policiais tinham ido ao local por causa de um "boato" sobre a existência de uma suposta bomba

EFE

30 de março de 2008 | 06h24

Seis policiais iraquianos, entre eles um oficial, morreram na manhã deste domingo ao serem atacados por um grupo de desconhecidos na cidade de Duluweya, 90 quilômetros ao norte de Bagdá, informaram a Efe fontes policiais. Os policiais formavam uma patrulha que tinha ido ao local por causa de um "boato" sobre a existência de um suposto bomba. A informação era uma emboscada e a patrulha foi surpreendida por um fogo intenso de desconhecidos que, não contentes em matar todos os ocupantes do veículo, queimam os cadáveres em seu interior. A Polícia atribui o incidente a algum grupo fiel à organização Al Qaeda, e lançou uma operação de busca dos possíveis autores.

Tudo o que sabemos sobre:
iraque

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.