Seis soldados, 4 insurgentes e 2 civis morrem no Iraque

Pelo menos seis soldados iraquianos, quatro insurgentes e dois civis morreram nesta terça-feira em diversos atos de violência ocorridos em diferentes lugares do Iraque, informaram fontes policiais.As fontes, que não revelaram suas identidades, acrescentaram que vários homens invadiram as instalações militares, situadas perto da ponte de Al-Jadid, com bombas, granadas de mão e armas automáticas às 8h (2h de Brasília).No ataque, que durou mais de meia hora, ficaram feridos três militares, um deles gravemente. O número de baixas entre os rebeldes é desconhecido, segundo a polícia local.Além disso, quatro insurgentes morreram no centro de Faluja em conseqüência da explosão de uma bomba que tentavam colocar perto de um mercado.Ainda nesta terça, pelo menos três iraquianos morreram, um deles militar, dois foram seqüestrados e outros seis ficaram feridos em vários ataques perpetrados por insurgentes em Bagdá, Tikrit e Kirkuk, informaram fontes de segurança.Segundo fontes policiais, nos últimos três dias, aumentou o número de ataques contra as forças americanas, contra o exército iraquiano e contra a polícia, os quais os insurgentes taxam de "colaboracionistas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.