Seis soldados do Iêmen são mortos em suposto ataque da Al-Qaeda

Grupo de homens armados enfrentou oficiais no sul do país; tiroteio durou meia hora

Efe,

25 de julho de 2010 | 19h12

SANA- Supostos membros da Al-Qaeda mataram neste domingo, 25, seis soldados do Iêmen em um posto de controle no sul do país, informaram à agência Efe fontes dos serviços de segurança.

 

Veja também:

linkAl-Qaeda no Magreb anuncia execução de refém francês

linkFrança diz não ter recebido reivindicações sobre refém da Al-Qaeda

especialEspecial: As franquias da Al-Qaeda

 

As fontes, que pediram anonimato, acrescentaram que o ataque aconteceu em um reserva próxima a instalações petrolíferas na província de Shabua, a sudeste de Sana.

 

O tiroteio entre os terroristas e os soldados do controle militar durou meia hora, acrescentaram as fontes, mas os agressores conseguiram fugir em um dos dois veículos em que estavam.

 

Trata-se do segundo ataque perpetrado recentemente por supostos membros da Al-Qaeda no Iêmen.

 

Na quinta-feira passada, vários homens armados que as autoridades acreditavam ser integrantes do grupo terrorista assassinaram cinco policiais na cidade de Ataq, no sudeste do país.

Tudo o que sabemos sobre:
Al-QaedaIêmenataquesoldadostiroteio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.