Seleção brasileira rouba atenção de eleitores

BOGOTÁ

, O Estado de S.Paulo

21 de junho de 2010 | 00h00

O jogo do Brasil contra a Costa do Marfim pela Copa do Mundo ontem roubou a atenção dos eleitores colombianos, muitos dos quais deixaram de votar no segundo turno por causa das partidas do Mundial da África do Sul. Muitas pessoas compareceram aos centros de votação usando a camisa da seleção brasileira.

No entanto, enquanto quase não havia filas para depositar o voto, torcedores amontoavam-se na frente de televisores em bares e restaurantes que exibiam os jogos.

"Assistir às partidas da Copa do Mundo é muito bom, o esporte une as pessoas, mas é muito melhor (ver os jogos) depois de votar e cumprir o dever democrático", disse o presidente Álvaro Uribe logo depois de depositar seu voto em um centro de votação na Plaza Bolívar, em Bogotá.

Norberto Mesa, de 27 anos, porém, acredita que os jogos não devem afetar a eleição. "Todo mundo sabe que (Juan Manuel) Santos vai ganhar, então nem tem como o jogo influenciar o resultado final", disse Mesa, que assistia ao jogo em uma galeria do centro da capital. "Votei mais cedo para poder ver a partida com mais calma." / R. M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.