Sem duas pernas e um braço, fuzileiro quer atravessar os EUA

Veterano da Guerra do Afeganistão quer levantar dinheiro para tratamento de colegas.

BBC Brasil, BBC

10 de setembro de 2010 | 16h42

O fuzileiro naval americano Mark Ormrod, um veterano da Guerra do Afeganistão que teve três membros amputados, pretende atravessar os Estados Unidos correndo para levantar verbas para outros colegas feridos.

A ideia de percorrer os Estados Unidos foi dada pelo colega fuzileiro naval Damian Todd.

Ele também participará do desafio, mas numa bicicleta manual, já que foi impedido de correr por uma lesão no tendão.

"Gosto de desafios e há dois anos estava num ponto em que não era capaz de andar nem dois metros sem precisar me sentar. Quanto mais em forma, mais percebia que, como em outras situações, precisava apenas estabelecer objetivos e me esforçar para atingi-los", afirmou Ormrod.

O militar espera correr mais de um quilômetro e meio por dia ao lado de quatro companheiros.

Ele diz que correr para ele é muito mais difícil que as pessoas imaginam, porque ele precisa se concentrar em cada passo.

"O exercício é física e mentalmente exaustivo, já que não posso simplesmente ouvir o meu iPod e correr."BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.