Sem verba, ONU reduz programa contra fome em outubro

A iniciativa de combate à fome da Organização das Nações Unidas (ONU), chamada World Food Program, tem menos da metade dos recursos necessários para atingir o objetivo de alimentar 108 milhões de pessoas em 2009, afirmou Josette Sheeran, diretora executiva do programa. A entidade tem apenas US$ 2,6 bilhões dos US$ 6,7 bilhões necessários para esse fim.

ANA CONCEIÇÃO, Agencia Estado

16 de setembro de 2009 | 14h00

"Com os recursos atuais, teremos que reduzir nossos serviços em todo o mundo a partir de outubro, incluindo metade do que estamos tentando enviar ao Quênia", afirmou, referindo-se ao país africano onde a maioria da população está passando fome por causa da seca e do aumento dos preços dos alimentos. Estimativa do World Food Program dá conta de que o número de famintos no mundo ultrapassará neste ano um bilhão de pessoas pela primeira vez na história. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
fomeONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.