Senado colombiano rejeita projeto de reeleição

Um projeto de reforma constitucional que previa a reeleição do presidente Alvaro Uribe foi rejeitado pelo Senado colombiano. Líderes do Congresso afirmaram que esta é a primeira conseqüência do fracasso do governo em obter a aprovação de um referendo votado no sábado, promovido oficialmente como uma fórmula para sanear a economia e combater a corrupção.O projeto de lei de reeleição foi rejeitado por 44 senadores, contra 36 que votaram a favor. O texto previa a possibilidade de reeleições a partir de 2006 para presidente, prefeitos e governadores. "O Congresso cobrou de Uribe a derrota no referendo", disse o senador Hernán Andrade, um dos autores da iniciativa. "Se o referendo tivesse sido um sucesso, este projeto (de reeleição) teria recebido uns 80 votos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.