Senado da Espanha aprova a abdicação do rei

O Senado da Espanha aprovou uma lei que permite ao rei Juan Carlos abdicar o trono e cedê-lo ao príncipe herdeiro Felipe.

AE, Agência Estado

17 de junho de 2014 | 16h41

A lei, que estabelece o procedimento legal da abdicação, foi aprovada nesta terça-feira por 233 votos a favor, cinco contra e 10 abstenções. A legislação foi aprovada na câmara baixa na semana passada.

Juan Carlos ratificará a lei formalmente nesta quarta-feira, e seu filho de 46 anos vai ser proclamado rei Felipe VI em um cerimônia no parlamento nesta quinta-feira.

O monarca de 76 anos disse que quer deixar o posto depois de quatro décadas para que "sangue fresco possa unir um país afogado em problemas econômicos", incluindo uma taxa de desemprego de 25%.

Felipe terá de restaurar a imagem da monarquia alvo de escândalos recentes, incluindo um safári de elefantes de Juan Carlos em Botsuana quando muitos espanhóis passavam por penúrias econômicas e uma investigação de peculato envolvendo a Infanta Cristina. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Espanhaabdicação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.