Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Senado diz não à concentração da mídia nos EUA

Por 55 votos contra 44, o Senadonorte-americano aprovou uma resolução que bloqueia o processo deconcentração do setor de jornais e rádio e teledifusão nos EUA.A resolução agora será enviada à Câmara, onde sua aprovação éconsiderada mais difícil. O presidente George W. Bush já ameaçouvetá-la, caso seja aprovada nas duas Casas do Congresso. A resolução aprovada hoje anula a reforma das regras decontrole do setor de mídia aprovadas em junho passado pelaFederal Communications Commission (FCC), cujo presidente éMichael Powell, filho do secretário de Estado, Colin Powell. Asmudanças favorecem a concentração do setor, por permitir que umarede de televisão aumente sua penetração para até 45% daaudiência nacional e por permitir que empresas de TV controlemjornais (ou vice-versa) nas mesmas praças. Qualquer que seja o encaminhamento dado no Congresso, porém,as mudanças, mesmo que não sejam revertidas, não deverão entrarem vigor neste ano. Emissoras de rádio de pequeno porte entraramcom um processo contra a resolução da FCC em um tribunal federalde Filadélfia (Pensilvânia) e os primeiros depoimentos estãomarcados somente para 5 de novembro.

Agencia Estado,

16 de setembro de 2003 | 16h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.