Senado dos EUA aprova resolução para Bush atacar o Iraque

Após dez horas de discussão, o Senado dos Estados Unidos deu a aprovação final na madrugada desta sexta-feira a resolução que autoriza o presidente George W. Bush declarar uma guerra, se necessário, para desarmar o Iraque. O Senado, dominado por democratas, aprovou a resolução de poderes de guerra por 77 votos a favor e 23 contra. A resolução já tinha sido aprovada pela Câmara de Deputados, na tarde de ontem, com 296 votos a favor e 133 contra.Dos 50 senadores democratas, mais um independente que vota com eles, 28 foram a favor e 27 contra. Já os republicanos, partido de Bush, apenas 1 dos 49 senadores votou contra. Como a resolução aprovada pelo Senado não sofreu nenhuma modificação, ela será encaminhada diretamente ao presidente Bush, para sua assinatura. A Casa Branca não tomou uma decisão definitiva sobre um possível ataque ao Iraque. A resolução diz que o presidente americano ?pode utilizar as Forças Armadas dos Estados Unidos como achar necessário para defender a segurança nacional contra a ameaça contínua que representa o Iraque? e ?para fazer com que as resoluções das Nações Unidas sejam cumpridas?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.