Senado dos EUA aprova secretário da Justiça

A Comissão de Justiça do Senado dos Estados Unidos aprovou nesta terça-feira à noite, por 10 votos a 8, a nomeação do polêmico John Ashcroft para a Secretaria de Justiça pelo presidente George W. Bush, num passo-chave para que o ex-governador do Missouri e ex-senador seja confirmado no cargo. Um dos nove senadores democratas da comissão votou com os republicanos a favor da indicação. A designação de Ashcroft será agora analisada pelo plenário do Senado, onde, segundo estimativa de fontes do Congresso, toda a bancada republicana (50 dos 100 senadores) e dois democratas deverão aprová-la. A resistência dos democratas à nomeação de Ashcroft, representante da direita religiosa no governo de Bush, deve-se à posição excessivamente conservadora do ex-senador em relação a questões muito sensíveis à sociedade norte-americana, como aborto, porte de armas e direitos civis dos homossexuais. Ashcroft também é acusado de racismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.