Saul Loeb/AFP
Saul Loeb/AFP

Senado dos EUA aprova US$ 700 bilhões para Defesa

Dotação representa aumento substancial em relação a 2017 e quase 5% a mais do que o solicitado pelo presidente Donald Trump; texto prevê US$ 60 bi para operações de contingência no exterior

O Estado de S.Paulo

19 Setembro 2017 | 09h57

WASHINGTON - O Senado dos Estados Unidos aprovou na segunda-feira um orçamento de US$ 700 bilhões para a Defesa, um substancial aumento em relação a 2017 e quase 5% a mais do que o solicitado pelo presidente Donald Trump.

Parte do orçamento será destinado à compra de novos aviões de combate F-35, navios e tanques M1 Abrams, assim como a um aumento de 2,1% no salário dos militares. O texto também prevê cerca de US$ 5 bilhões para as forças de segurança no Afeganistão, incluindo a integração de mulheres na defesa nacional.

Outros US$ 8,5 bilhões serão destinados a reforçar a defesa antimísseis, o que representa um adicional de US$ 630 milhões à solicitação de Trump, no momento em que cresce a tensão com a Coreia do Norte.

O orçamento prevê ainda US$ 60 bilhões para Operações de Contingência no Estrangeiro, e mais 7 mil alistados.

A Câmara dos Deputados já aprovou o orçamento de Defesa, e agora as propostas deverão ser alinhadas antes de o texto final ser enviado para sanção presidencial. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.