Aaron P. Bernstein/AFP
Aaron P. Bernstein/AFP

Senado dos EUA veta bloqueio de venda de armas para a Arábia Saudita

Na Câmara, medida que proibia venda de armas para a Arábia Saudita sem autorização prévia do Congresso foi aprovada por 238 votos a favor, mas depois vetada por Trump

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2019 | 02h27

WASHINGTON - O Senado dos Estados Unidos não reuniu os votos necessários para evitar a polêmica venda de US$ 8,1 bilhões em armas para a Arábia Saudita, após o presidente Donald Trump vetar as resoluções do Congresso que bloqueavam o acordo.

Apesar da manutenção do acordo, a iniciativa de interrompê-lo serviu como um recado para Trump. Parte dos congressistas manifestou indignação com Riad pelo assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi em 2018.

Trump solicitou a aprovação de 22 vendas de apoio de manutenção de aeronaves, munições guiadas com precisão e outras armas e equipamentos para países como Arábia Saudita e Emiratos Árabes Unidos, em um momento de tensão no Oriente Médio.

Críticos disseram que as vendas de armas agravariam a guerra no Iêmen, onde a Arábia Saudita lidera uma coalizão apoiada pelos americanos numa batalha contra os rebeldes houthis, apoiados pelo Irã. Segundo a ONU, esta guerra desencadeou a pior crise humanitária do mundo. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.