Senado dos EUA reverte corte em armas nucleares

Um subcomitê do Senado americano apoiou o desenvolvimento da bomba atômica ?bunker buster?, e pesquisas em outros tipos de tecnologia bélica nuclear, depois de a Câmara ter cortado verbas destinadas aos mesmos programas. A comissão de senadores se recusou a reduzir o total de US$ 68 milhões que a administração Bush pediu para essas pesquisas que, segundo críticos, poderiam dar origem a um novo ciclo de proliferação nuclear mundial. O senador Pete Domenici, do Partido Republicano, disse que espera novas tentativas de bloquear a verba no plenário do Senado, mas se disse confiante de que cortes com a profundidade aprovada pela Câmara ?não resistirão?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.