Senado francês pode votar orçamento nesta sexta-feira

O Senado francês poderá votar ainda nesta sexta-feira o orçamento de 2012, alterado por várias emendas feitas pela administração do novo presidente socialista François Hollande. Entre as emendas, está o aumento dos impostos para os franceses mais ricos, que ganham acima de ? 1 milhão por ano. Eles pagarão 75% de impostos. Os impostos sobre as grandes empresas também serão elevados, enquanto os gastos do governo permanecerão em grande parte sem alterações. Hollande deverá aprovar sem dificuldades o orçamento no Senado e na próxima semana ele deverá ser votado na Câmara, onde os socialistas franceses possuem a maioria.

AE, Agência Estado

27 de julho de 2012 | 15h09

O governo francês planeja uma expansão de 0,3% para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2012 - o PIB francês é estimado em ? 2,4 trilhões. O governo acredita que as medidas irão acelerar o crescimento econômico só em 2013, projetando uma expansão de 1,2% na economia. O desemprego está acima de 10% da força de trabalho e a dívida pública chegou a 89% do PIB.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.