Senado italiano aprova lei que protege Berlusconi

O Senado italiano aprovou projeto de lei que suspende o julgamento de processos em que estejam envolvidos o presidente da República, o primeiro-ministro e os presidentes da Câmara, do Senado e da Corte Constitucional. A medida favorece o primeiro-ministro Silvio Berlusconi, que é alvo de processos por corrupção abertos pelos juízes de Milão. O projeto será enviado agora para votação na Câmara dos Deputados, onde Berlusconi também dispõe de maioria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.