Senado recusa entrada de Caracas no Mercosul

O Senado paraguaio rechaçou ontem a entrada da Venezuela no Mercosul - em uma votação com efeito simbólico, já que o governo de Assunção está suspenso do bloco desde o impeachment relâmpago de Fernando Lugo, em junho. "O Paraguai não deixou de ser membro do Mercosul. Se não assumíssemos uma posição dessa natureza, não iríamos defender nossa soberania, nossa independência e nossa liberdade", disse o senador José Guastella. A adesão de Caracas no bloco foi recusada por 31 votos a 3.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.