Senador boliviano agradece apoio de Lula

Antes de empossar Carlos Mesa como novo presidente da Bolívia, o presidente do Senado, Hormando Vaca Diez, agradeceu ao presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva por ter enviado seu assessor Marco Aurélio Garcia para mediar o conflito. Garcia, que estava na galeria do Congresso, levantou-se e foi aplaudido.Na posse, o novo presidente falou em convocar um referendo sobre a questão da exportação do gás natural, motivo da crise que gerou protestos, distúrbios dezenas de mortes e a renúncia do presidente Gonzalo Sánchez de Lozada. Um outro problema de Mesa será viabilizar a sua própria permanância no cargo, já que não tem vínculo partidário e pode ter dificuldade no Congresso. Enquanto uns defendem que ele cumpra o mandato até o fim, em agosto de 2007, outros consideram que ele deva fazer um governo de transição, convocando novas eleições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.