Phil McCarten/Reuters
Phil McCarten/Reuters

Senador Cory Booker desiste de eleições presidenciais dos Estados Unidos

Decisão foi motivada por falta de financiamento, afirmou o democrata em comunicado

Redação, O Estado de S.Paulo

13 de janeiro de 2020 | 17h44

O senador Cory Booker deixou nesta segunda-feira, 13, a disputa para representar os democratas nas eleições presidenciais de novembro, justificando sua decisão por falta de financiamento. 

"Infelizmente, eu compartilho esta notícia: tomei a decisão de suspender minha campanha presidencial", escreveu ele em comunicado.

"Nossa campanha chegou ao ponto em que precisamos de mais dinheiro ... um dinheiro que não temos e um dinheiro mais difícil de conseguir, porque não estarei no próximo debate" (na terça-feira), acrescentou. 

Com sua retirada, resta apenas um candidato negro, Deval Patrick, à primária democrata, que começou com uma maior diversidade de candidatos do que em outras ocasiões. /AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.