Senador pede renúncia de Rumsfeld por massacre em Haditha

O senador democrata do Estado de Delaware, Joe Biden, pediu neste domingo a renúncia do secretário de Defesa americano Donald Rumsfeld, pelo suposto massacre de civis pelas mãos de fuzileiros na cidade iraquiana de Haditha.Biden disse em entrevista ao programa dominial Meet the press da rede de TV americana NBC, que "Rumsfeld não deveria estar em seu cargo amanhã". "Quando você comete um erro grave, reúna-se, reconheça e saia",acrescentou Biden.Marines americanos são acusados de matar 24 civis desarmados entre eles mulheres e crianças, no dia 19 de novembro de 2005. A ação seria uma vingança pela morte de um companheiro durante uma emboscada.O Pentágono abriu duas investigações para apurar as denúncias do massacre e verificar se os soldados tentaram encobrir o que havia acontecido. No final de abril deste ano, Rumsfeld foi duramente criticado por generais da reserva por suas atitudes no Departamento de Defesa. Os generais solicitaram sua demissão argumentando que Rumsfeld é uma pessoa com caráter prepotente, que não escuta a seus subordinados e que ele cometeu muitos erros em sua gestão do conflito no Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.