Senador renuncia a cargos no Congresso

Depois de ser preso por "conduta indecente" em um banheiro público, em junho, o senador republicano Larry Craig, conhecido ativista antigay, não resistiu à pressão de congressistas de seu próprio partido e concordou ontem em deixar vários dos cargos que ocupava em comissões do Senado. Nos último dias, o senador teve de negar reiteradas vezes que seja homossexual, mas não convenceu seus colegas republicanos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.