Senador Republicano diz que Condit deveria renunciar

O senador republicano dos Estados Unidos, Trent Lott, do Mississippi, disse hoje que o senador republicano Gary Condit deveria renunciar por causa do escândalo sobre seu romance com uma estagiária, Chandra Levy, que está desaparecidaCondit, 53 anos e casado, não é suspeito do desaparecimento de Levy, de acordo com a polícia. Ele tem mantido em silêncio sobre o caso e somente admitiu o romance para a polícia no terceiro interrogatório.?Infidelidade é sempre inaceitável. Se essas alegações forem verdadeiras, obviamente ele deveria renunciar?, disse Lott. Mas o senador Christopher Shays, um republicano de Connecticut, discorda. ?Se infidelidade é um teste, então muitos congressistas deveriam renunciar?, afirmou.A estagiária, de 24 anos, foi vista pela última vez no dia 30 de abril. Segundo relatos, ela é uma mulher cuidadosa que não abria a porta para qualquer pessoa que batesse à sua porta. A família de Levy acredita que ela deixou o apartamento para sair com alguém que conhecia porque não levou seus documentos, carteira ou cartões de crédito. A polícia diz que a teoria de suícidio é improvável pois nenhum corpo foi encontrado até agora.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.