Senadora colombiana é assassinada

A senadora colombiana Martha Catalina Daniels e outras duas pessoas foram assassinadas, disseram hoje as autoridades. Os corpos de Martha, de seu motorista, Carlos Lozano, e de Ana Maria Medina foram encontrados na noite deste sábado perto da cidade de Zipacon, 60 quilômetros ao norte da capital, disse o procurador geral da Justiça Luis Camilo Osorio. Os três foram mortos com tiros na cabeça.Martha, polêmica congressista do opositor Partido Liberal, serviu 12 anos no Congresso. Medina é esposa de Mauricio Rodríguez Anzola, um político local que foi seqüestrado e está sendo mantido refém, aparentemente, pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).O presidente do Congresso, Carlos Garcia Orjuela, disse que Martha é o sétimo membro do Congresso Colombiano a ser assassinado nos últimos quatro anos. Outros cinco estão sendo mantidos reféns por rebeldes das Farc. Uma candidata à Presidência também foi seqüestrada e está sob o poder das Farc.O presidente Andres Pastrana rompeu as negociações de paz com as Farc e recrudesceu a ofensiva depois que rebeldes seqüestraram um senador colombiano, no dia 20 de fevereiro. Desde então, as Farc desataram uma onda de ataques e violência contra a infra-estrutura do país, deixando grande parte da Colômbia sem eletricidade, água e telefone.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.