Senadora negra se lança à presidência nos EUA

Carol Mosley Braun, a única negra no Senado dos Estados Unidos, oficializou nesta segunda-feira sua candidatura à Casa Branca, tornando-se a única mulher entre os nove candidatos democratas. Só há outro candidato negro, o reverendo Al Sharpton."Tenho qualidades excepcionais para desenvolver as tarefas de presidente e sou claramente uma alternativa ao atual governo, cujas únicas idéias novas são uma guerra preventiva e a criação de uma imensa nova burocracia", declarou Braun durante uma apresentação na Universidade Howard. Seu filho de 26 anos, Mathew Braun, foi o encarregado de anunciar sua candidatura."Uma mulher pode consertar o desastre criado, pois somos práticas, não temos medo das alianças e estamos comprometidas em fazer um mundo melhor para nossos filhos", disse.Braun assombrou o establishment político em 1992 ao derrotar nas primárias o senador Alan Dixon, que havia servido dois mandatos no Congresso. Obteve, depois, uma vitória eleitoral dada como impossível por analistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.