Separação de siamesas é concluída com sucesso

Cirurgiões do Hospital Geral de Singapura concluíram hoje com êxito a cirurgia de separação das gêmeas siamesas de Nepal, unidas pela cabeça. De acordo com um porta-voz do hospital, as crianças, de onze meses de idade, passam bem e devem deixar a sala de cirurgia em breve. A separação cirúrgica das meninas Ganga e Jamuna, que foram transferidas do Nepal para Singapura, durou cinco dias e foi precedida com enxertos extras de pele no crânio. A cirurgia é pioneira na Singapura. É a primeira vez que os neurocirurgiões separam com sucesso dois cérebros unidos dentro de um único crânio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.