Separatistas muçulmanos matam 4 pessoas na Tailândia

Pelo menos quatro civis foram mortos no sul da Tailândia em diferentes ataques perpetrados por supostos separatistas islâmicos, informou nesta segunda-feira a polícia.A primeira das vítimas foi uma mulher de 33 anos que no domingo foi baleada quando voltava em uma moto para sua casa, na província de Yala.No mesmo dia morreu um homem de 46 anos, baleado pordesconhecidos na vizinha província de Pattani, enquanto em Songkhla supostos insurgentes mataram um casal em sua casa.Mais de 1.900 pessoas morreram por causa da violência na região sulina de maioria muçulmana desde que o movimento separatista islâmico retomou a luta armada há três anos, após uma década de pouca atividade guerrilheira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.