Separatistas pedem libertação de líder no Iêmen

Milhares de separatistas marcharam hoje pelas ruas de duas cidades do sul do Iêmen e pediram às autoridades que liberte o líder do movimento separatista do sul iemenita, Hasan Bamoum. Até 1990, o Iêmen do Sul foi um país independente, quando se uniu ao Iêmen do Norte, com capital em Sanaa.

AE, Agência Estado

10 de novembro de 2010 | 17h22

O porta-voz do movimento sulista, Abdu al-Maatari, diz que cerca de cinco mil manifestantes colocaram fogo em pneus e bloquearam ruas na cidade de al-Dhale, antes que fossem dispersos por forças de segurança.

Ontem, o governo iemenita deteve Bamoum, o líder de 70 anos do movimento separatista O Conselho Supremo para o Movimento Pacífico do Sul. A razão para a detenção não ficou clara. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
libertaçãolíderIêmen

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.